CÉDRIC TIBERGHIEN

PIANO

CÉDRIC TIBERGHIEN

Image

29 DE SETEMBRO 2019 – 18H00

CENTRO CULTURAL OLGA CADAVAL

O ciclo de piano no Festival de Sintra é uma longa tradição que se mantém em 2019, onde a presença de Cédric Tiberghien honra a história dos grandes nomes do mundo pianístico que aqui tocaram, alguns em início de carreira, outros plenamente afirmados. Tiberghien pertence à melhor geração de pianistas franceses da atualidade. A sua reputação e qualidade interpretativa fazem de cada recital um momento de recriação aguardados com justificada expectativa.

“Tiberguien parece lançar perfume sobre o teclado, emprestando ao ouvido os mais variados sobretons…”
Stuttgarter Zeitung, November 2018 

CÉDRIC TIBERGHIEN | PIANO

PROGRAMA

BEETHOVEN

  • 6 Variações op.34 em Fá maior
  • 15 variations op.35 em Mib Maior (Eroica)

 

SCHOENBERG

3 Klavierstücke op.11

F. CHOPIN

Sonata Nº 2 em Sib menor Op. 35

1. Grave - Doppio movimento  
2. Scherzo - Più lento  
3. Marche funèbre  
4. Finale. Presto

CÉDRIC TIBERGHIEN

Cédric Tiberghien tem sido particularmente aplaudido por sua versatilidade, pelo seu amplo repertório, pelas suas propostas de programa interessantes e uma grande abertura para explorar formatos inovadores nas suas parcerias de música de câmara.
As apresentações nesta temporada incluem sua estreia com a Orquestra Filarmónica de Berlim, a Sinfónica de São Francisco, a DSO Berlin e a NDR Elbphilharmonie Orchestra. Os seus recitais a solo incluem Londres, Chicago e Tóquio e com a violinista Alina Ibragimova no Vienna Konzerthaus, no Japão e na Coréia. Na Primavera de 2019, o Théâtre des Bouffes du Nord (Paris) apresentou a estreia de Zauberland (Magic Land). Durante a temporada de 2017/18, Cédric voltou à London Symphony Orchestra e à Rotterdam Philharmonic Orchestras. Outras colaborações recentes incluíram a Boston Symphony, Cleveland, Filarmónica Checa, a Orquestra de Paris, Orquestra Filarmónica de Tóquio e Les Siècles, na BBC Proms.

Cédric recentemente tem-se dedicado particularmente à música de Bartok, culminando na gravação de três CDs de piano solo para a Hyperion, com que obteve quatro Diapason d'Or.

Também gravou vários CDs para a Harmonia Mundi.

É um músico de câmara dedicado, com parceiros regulares, incluindo a violinista Alina Ibragimova, o violista Antoine Tamestit e o barítono Stéphane Degout. A sua discografia com Alina inclui ciclos completos de música de Schubert, Szymanowski e Mozart (Hyperion) e um ciclo Beethoven Sonata (Wigmore Live).