Vasco Dantas | Festival de Sintra
Vasco Dantas, Festival de Sintra, Sintra, Palácio Nacional de Queluz, artistas, música clássica, concerto, piano, pianista, Nova Geração
16384
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-16384,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-9.1.3,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

27 de maio - 21h30
PALÁCIO NACIONAL DE QUELUZ

NOVA GERAÇÃO

VASCO DANTAS

VASCO DANTAS

NOVA GERAÇÃO

Vasco Dantas, já obteve mais de 50 prémios e distinções em concursos internacionais.
Atuou, em centenas de eventos, em variadas salas de renome um pouco por todo o Mundo, representando hoje brilhantemente a nova geração portuguesa de pianistas.

Ver & Ouvir

VASCO DANTAS

Piano

Vasco Dantas, pianista português nascido em 1992 terminou recentemente a licenciatura com “1ª classe & distinção” no Royal College of Music (RCM), em Londres, sob a orientação do professor russo, Dmitri Alexeev e do professor sul-africano, Niel Immelman. Está atualmente a completar o curso de Mestrado em Performance sob a orientação do professor alemão Heribert Koch, na Universidade de Münster (Alemanha), após um ano de “Zertifikatsstudienjahr”, obtido com a nota maxima (1,0) nesta mesma universidade.

Vasco já obteve mais de 50 prémios e distinções em concursos internacionais destacando-se a “Medalha de Mérito Dourada” atribuída pela Câmara Municipal de Matosinhos, “Prémio Casa da Música 2009”, “Prémio Melhor Português” no Concurso Internacional de Viseu, “Prémio Antena 2 2013”, o 3º Prémio no Concurso “Münster Steinway & Sons”, o prémio “Esther Fisher Prize” (melhor aluno de licenciatura do London Royal College of Music na Chappell Medal Competition 2013), “Prémio Henry Wood Trust 2011 e 2012”, e assim como os seguintes 1º prémios: Concurso Internacional do Porto “Santa Cecília”, Concurso de Interpretação do Estoril, Concurso Internacional de Piano do Fundão, Concurso Internacional de Piano do Alto Minho, Concurso de Piano Ría de Vigo, Concurso Internacional de Piano “Florinda Santos”, Concurso de Piano “Marília Rocha”, Concurso de Piano Póvoa de Varzim, Concurso de Piano de Paços’ Premium, Concurso de piano Elisa Pedroso e Concurso de música de Câmara “Maestro Ivo Cruz”, entre outros.

Em Novembro de 2015 estreou-se no continente asiático tocando a solo com a Hong Kong Symphonia no Hong Kong City Hall Concert Hall o Concerto no.1 de Franz Liszt. Em Agosto de 2014 estreou-se no continente americano tocando a solo com a Orquestra Sinfónica do Espírito Santo, em Vitória – Brasil, o Concerto no.2 de D. Shostakovich. Em 2011 fez a sua estreia como pianista, na famosa “Sala Suggia” da Casa da Música, com um recital a solo. Tocou também a solo com orquestras, tais como Hong Kong Symphonia (China), Orquestra Sinfónica do Estado do Espírito Santo (Brasil), Musicum Jülich Orchestra (Alemanha), Orquestra Sinfónica do Porto, Orquestra de Câmara Cascais e Oeiras, Orquestra do Norte e Orquestra Clássica do Sul (Portugal) e já teve a oportunidade de trabalhar com maestros de renome, tais como, Martin André, Victor Hugo Toro, Choi Sown Le, Nikolay Lalov, Rui Pinheiro, Günter Neuhold, Nicholas Kok, Dinis Sousa e Pedro Neves.

Começou a estudar piano aos 4 anos na escola Valentim de Carvalho no Porto (Portugal), e com 6 anos de idade deu a sua primeira apresentação pública, no Museu do Carro Elétrico do Porto.

No ano 2000, foi admitido com distinção no Conservatório de Música do Porto onde estudou com a professora de nacionalidade Sueca, Rosgard Lingardson, terminando o curso com a nota máxima.

Já participou em cursos de aperfeiçoamento de piano e violino com professores conceituados, tais como, Paul Badura-Skoda, Boris Berman, Peter Donohoe, Luiz de Moura Castro, Álvaro Teixeira Lopes, Pedro Burmester, Ian Jones, John Lill, Cristina Ortiz, Fausto Neves, Phillipe Cassard, Andrew Ball, Yuri Bogdanov, Betty Haag-Kuhnke, Sergei Covalenco, entre outros. Foi diversas vezes aconselhado pelos Maestros Ivo Cruz e Martin André.

Paralelamente ao piano, aos 7 anos iniciou o estudo do violino, trabalhando com o Prof. José Paulo Jesus. Destacou-se nas orquestras “Momentum Perpetuum”, “Jovens dos Conservatórios Oficiais de Música”, Orquestra XXI e na Metropolitana de Lisboa júnior, como concertino.

Atuou como pianista e violinista em centenas de eventos, em variadas salas de renome, na Alemanha, Brasil, China, Espanha, França, Itália, Grécia, Portugal, Reino Unido e Suécia, tais como, London Steinway Hall, Whiteley Hall, Amaryllis Fleming Concert Hall, Regent’s Hall e Pallant House Gallery (RU); Hong Kong City Hall (China), Teatro Carlos Gomes e Teatro Municipal de Barueri (Brasil), SchumannHaus Bonn, Düren Schloss Burgau (Alemanha), Stockholm Royal Palace (Suécia), Teatro de San Agustin e Auditório Caixa Nova de Vigo (Espanha), Casa da Música, CCB, Europarque, Grémio Literário de Lisboa, Ateneu Comercial do Porto, Teatro Helena Sá e Costa, Museu Romântico do Porto e Salão Árabe do Palácio da Bolsa (Portugal).

Tocou, pela primeira vez em direto, na RTP1 (Rádio Televisão Portuguesa), aos 6 anos de idade. Já tocou ou foi entrevistado pelo New York Times, Düren Zeitung, Aachen Zeitung, RTP1, Antena 2 e Porto Canal. Gravou por diversas vezes em CD a convite da Rádio Galega, e da editora KNS Classical com quem lançou o seu CD a solo “Promenade” em Fevereiro 2015 com obras de F. Liszt e M. Mussorgsky, que foi recentemente transmitido pelas Rádios Alemãs MDR Klassik e WDR 3, e Antena 2 (Portugal).